Vanessa Oliveira

Esta história tem a ver com as minhas superstições e também com a minha paixão pelo Sporting, que fez com que passasse muitos anos sem ver dérbis ou clássicos ao vivo. Tudo porque há uns anos, o Sporting foi eliminado da Taça de Portugal no Estádio da Luz e, meses depois, perdeu a hipótese de ser campeão novamente na Luz frente ao Benfica. Foi na primeira época do José Peseiro.
O “meu” João é ferrenho do Benfica e fomos assistir aos dois jogos no estádio. Esse jogo da Taça foi de loucos: ficou 3-3, foi a prolongamento e depois o Benfica ganhou nos penáltis. Lembro-me de estar super irritada com o João pois quando éramos mais novos era impossível vermos jogos juntos. Chegávamos àquele ponto em que nem nos podíamos ver à frente! E nesse jogo foi mesmo horrível… estava a ver que nos atirávamos do terceiro anel!
Isto fez com que passasse muitos anos sem ver qualquer derby ou clássico ao vivo por sentir que prejudicava o Sporting. Convidavam-nos, davam-nos bilhetes, mas nunca mais quis ir. Só muitos anos depois, quando o Jorge Jesus foi para o Sporting, é que voltei a ver um derby ao vivo. Foi logo o primeiro jogo dele, a Supertaça que ganhámos no Algarve. Desde aí, já vi alguns, mas continuo a sentir-me desconfortável e a preferir ver o jogo em casa, pela televisão.
Sou muito supersticiosa e não consigo começar a ver um jogo sem beijar três vezes o emblema do Sporting, ou da Seleção, se for o caso, e de me benzer. Depois sim, estou pronta para o jogo.


Modelo e apresentadora, começou o percurso televisivo na TVI em 2004, passou quase nove anos na SIC e está na RTP desde 2014, onde a podemos ver no programa As Receitas Lá de Casa. Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe um comentário