Tomané

No início da época passada estive na Grécia, no Panetolikos. Quando chego lá, um ambiente novo, tudo diferente, e quando vou para pôr a minha roupa do treino para lavar o roupeiro diz-me que não lavava as cuecas e os boxers. Com as meias não havia problema, mas o resto tinha de ser os jogadores a lavar. Estive lá com o Cristiano, do Setúbal, com o Luís Rocha e o Miguel Rodrigues, que ainda lá estão, e todos tínhamos de lavar!
Não gostava muito e aquilo deu um bocadinho de confusão, mas depois comecei a lavar e agora quando estamos juntos até nos rimos com isso. Ainda falei com o director mas o roupeiro era muito ligado ao clube e as pessoas davam-lhe um desconto.
Também não íamos dizer ao director para mandar o homem embora, então lavavámos nós. Portanto todo o tempo que passei na Grécia tive de lavar as cuecas para treinar! Naquele momento não me ria muito, mas depois levamos na brincadeira e é uma história curiosa da minha carreira.


Estreou-se com sénior pelo V. Guimarães e jogou na Alemanha (Duisburg) e na Grécia (Panetolikos) antes de regressar no ano passado para representar o Arouca. Joga no Tondela. Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe um comentário