Tiago Machado

Desde muito pequenino comecei a dar uns toques na bola, lá na rua. Aos meus sete anos comecei a jogar nas Escolas do Estrela da Amadora na posição de lateral-esquerdo, treinado pelo mister Calado e mais tarde pelo mister Fernandes. Nessa altura chamavam-me o “Estrela”. Além dos treinos, sempre que podia ia jogar com os meus amigos no ringue lá da zona, horas a fio.

Permaneci no Estrela da Amadora até aos infantis, e mais tarde fui aos treinos de captação do Sporting com o mister Osvaldo Silva, onde ele me disse que podia ficar, mas que era pouco provável que jogasse naquela época pois o onze inicial já estava delineado. Voltei para o Estrela da Amadora onde joguei mais uma época, e partilhei o campo com o Jorge Andrade.

A partir do juvenis, derivado aos estudos e à minha paixão pela música, comecei a jogar num clube lá da zona chamado Real Sport Club Massamá, de onde já saíram jogadores como Nani. Ainda hoje se encontram fotos da minha equipa na sede do Real, onde apareço vestido de amarelo.

Acabei a minha “carreira futebolística” nos juvenis. Agora ainda jogo com os amigos de vez em quando, mas o que gosto mesmo é de jogar com os meus filhos.


Pianista e compositor, já trabalhou com Carlos do Carlos, Marco Rodrigues, Boss AC e Mariza, que é também a convidada especial de “Soundlapse”, o seu primeiro álbum, publicado em Março de 2017.

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe um comentário