Arquivos de Tags: salgueiros

Nelson Nunes

Nunca fui lá muito convencional no gosto pelo futebol. As memórias aparecem-me à frente como se fossem fragmentos de um álbum de fotografias rasgado em pedaços. Devo ter despertado para a arte de dar pontapés certeiros numa bola aí pelos meus seis ou sete anos, com as partidas a que o meu padrasto assistia com afinco. Via-o sempre torcer pelos clubes mais fracos – menos quando jogava o Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Bancada

Cau

Estava no Campomaiorense com o Carlos Manuel e fomos jogar com o Rio Ave a Vila do Conde. Antes de irmos, uma semana antes, pedi se podia levar o meu carro. Como sou do Porto, sempre que íamos ao Norte pedia ao massagista, ao médico ou a alguém da Direcção do clube para me levar o carro. Eu ia juntamente com os meus colegas no autocarro e assim ficava com o carro para passar o Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Nicolau Breyner

Uma vez, durante os anos oitenta, andava em tournée e cheguei ao Porto. Encontrei o Humberto Coelho, que me disse: “Estou a treinar o Salgueiros. Tens de ser sócio do Salgueiros.”
Então fiquei sócio do Salgueiros e continuei a ser salgueirista durante uns anos, apesar de não ter nenhuma ligação em especial ao clube, com todo o respeito que tenho pelo Salgueiros. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Futre

Estava com 18 ou 19 anos e, na altura, o Futebol Clube do Porto tinha de fazer uma digressão a Paris, íamos jogar futebol indoor. Aquilo eram dois ou três jogos e tinha de ir eu e o Gomes, porque o cachet era maior se fossemos.
Na véspera da ida jogámos com o Salgueiros, lá no Salgueiral. Muita porrada, deram-me cabo dos Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Milovac

Recordo a minha passagem pelo futebol português com muita saudade. O espírito de grupo que tínhamos no Salgueiros era muito forte, era a verdadeira alma salgueirista! Uma das brincadeiras que fazia com o Djoincevic era ensinar asneiras em sérvio aos restantes jogadores, principalmente aos mais novos, como o Sá Pinto e o Renato. O Nikolic às vezes também participava, mas não brincava Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Domingos Paciência

Há um momento da minha carreira, na transição de júnior para sénior, que acaba por ter muita influência no meu futuro como jogador. Vinha da formação de iniciados e juvenis e não tinha jogado muito e como júnior cheguei a andar a treinar como guarda-redes. Em virtude da falta de jogadores para essa posição pediram-me para ir para a baliza. Foi um período de desânimo e de algum Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Nuno Coelho

Estive um ano na Grécia, um ano em que tive muitas histórias, umas pelo lado positivo, outras nem tanto. Foi um ano muito complicado. Estive num clube que é considerado um dos cinco grandes da Grécia, o Aris de Salónica, sempre com 25/30 mil adeptos no estádio, só que estava numa das fases mais difíceis da sua história, com muitos problemas financeiros, muitos problemas directivos, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Mário Jorge

Na época em que representei o Benfica, em 1992/93, estávamos todos motivados pelo plantel que tínhamos e pelo facto de irmos ser treinados por uma referência mundial, com um currículo invejável, como era o caso de Tomislav Ivic.
Já no estágio de pré-época realizado na Suécia ficámos um pouco perplexos com o sistema que queria Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

João Peixe

A minha estória remonta à época 94/95 , quando me estreei na I Liga ao serviço do Estrela da Amadora, emprestado pelo Benfica. Depois de uma derrota pesadíssima em Vidal Pinheiro, contra o Salgueiros, em que perdemos 6-0, entrei a meia-hora do fim. Apesar de não ter ajudado a alterar o marcador, dei o meu máximo e no final senti que tinha estado bem no tempo que joguei. Prova disso Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado