Arquivos de Tags: lisboa

Manuel Sérgio

Cumpre-nos a todos a humilde lealdade de nos aceitarmos como somos e pelo pouco que temos. Eu nasci em Lisboa, na freguesia de Nossa Senhora da Ajuda, de família pobre, mas honrada; eram também católicos praticantes os meus pais e com particular afeição pelo Belenenses. Não é por isso de estranhar que, desde criança, seja o futebol o meu espetáculo favorito, nem que, nos textos que Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Luiz Caracol

Acho que a minha relação com o futebol é uma coisa quase desde o berço ou pelo menos desde que me lembro de existir e, ao que parece, até o meu primeiro brinquedo, e aquele pelo qual fui mais apaixonado, foi uma bola. Passei a minha infância a querer ser jogador de futebol e tudo que mais queria e gostava de fazer era jogar à bola e andar com a bola atrás, fosse verão ou inverno, chovesse Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Fernando Seara

Eu e o saudoso Eusébio da Silva Ferreira, o King, fomos convidados para ir ao aniversário do Santa Clara, em Ponta Delgada. Fomos de avião e o nosso Eusébio começou a contar peripécias da sua vida de jogador, de goleador, de grande avançado do Benfica e da Selecção. E relatou pela primeira vez, segundo ele disse, todas as peripécias do Portugal-Coreia do Norte, do Mundial de ’66. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Ivkovic

O empresário Lucídio Ribeiro estava a falar com o Sousa Cintra sobre a minha contratação. Combinámos um encontro em Paris e juntámo-nos lá num restaurante. Ao mesmo tempo ia falando ao telefone com um familiar meu, que tinha outro clube interessado em mim e me ia dando sinais de como estavam a correr as conversações. Era um clube da Bélgica, e claro que o Sporting era maior. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Nuno Madureira

Não abundam os registos, mas o auge da minha carreira de peladeiro aconteceu em meados da década de 90. Nesse tempo, eu integrava uma lendária ala esquerda da equipa do jornal «A Bola» que, se a memória não me falha – o que é uma forte possibilidade, admito – permaneceu invicta durante 29 partidas consecutivas. Tantas como a mágica Hungria de 1954, mas com um futebol muito mais Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Fernando Mendes

Quando estava no Benfica, ainda com o Eriksson como treinador, fomos até ao Canadá numa digressão de final de época. Ficámos lá uns 15 dias e tínhamos jogos agendados com o AC Milan, Marítimo, mais umas equipas. Nestas digressões, depois dos jogos podíamos sair à noite e fazer o que quiséssemos. Como não contava para o Totobola, tínhamos muita liberdade. Não a 100%, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 Comments

Filed under Relvado

Miguel Sousa Tavares

O meu filho mais novo fez agora seis anos: está a entrar na idade em que deve começar a ser introduzido a alguns dos horríveis rituais machistas lusitanos. O futebol, por exemplo.
Um dia destes, pego nele pela calada e aí vamos nós para Santa Apolónia, apanhar o Inter-Cidades para o Porto, a caminho do Santuário das Antas, do ronco do Dragão e do perfume do Jardel – nome Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

5 Comments

Filed under Bancada

Bruno Paixão

Em 2001/02 fui nomeado quarto árbitro do Lucílio Baptista para uma pré-eliminatória da antiga Taça UEFA entre o Stade Rennes, de França, e o Aston Villa, de Inglaterra. Viajamos sempre na véspera do jogo, temos de estar lá antes porque no dia da competição, por volta das 10 da manhã, há uma reunião técnica na qual os árbitros têm de estar presentes com os delegados da UEFA, observador, etc.. Só Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

José Fonte

Depois de ter jogado no V. Setúbal, que foi quando me estreei na I Liga pela mão do treinador Luís Norton de Matos, recebi algumas propostas. Estava em Liège para assinar pelo Standard, com o Michel Preud’homme e o Luciano D’Onofrio, já com o contrato à frente, quando recebi uma chamada do presidente Luís Filipe Vieira, que me perguntou: Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Salvador Martinha

Quando tinha exactamente 18 anos, portanto há 50 anos, fui fazer testes de captações à A.D.O. – Associação Desportiva de Oeiras – e nesse ano fui o único jogador de fora a entrar. Pumba. O Messi da Quinta das Palmeiras. Ou seja, nessa época era o plantel da época passada e eu. Quando entrei perguntaram-me se eu já tinha jogado em alguma equipa antes. Pensei que de facto já tinha entrado no Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 Comments

Filed under Bancada

Nelson Rosado

Há muitos anos fui federado em futebol de 11 no Amora. Fui até ao segundo ano de iniciado, era extremo direito. Joguei algumas vezes também a lateral direito, tudo o que era corredor direito era comigo. Era um miúdo que gostava muito de correr, eles diziam que eu tinha velocidade. Foram tempos engraçados, na altura morava no Laranjeiro, perto de Almada, e o clube pagava-me o passe Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

João Gil

Tinha eu 14 anos quando a minha família se mudou para a Av. São João de Deus, ali às avenidas novas, em Lisboa. Acabado de chegar da Covilhã, belo sítio para nascer com a força nas pernas necessária à prática desportiva visto que é sempre a subir ou sempre a descer.
Era o futebol o grande facilitador da minha integração junto dos novos amigos da segunda infância. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Pedro Vieira

Esta história passa-se na altura do Mundial de juniores de 1991, que foi mais ou menos por esta altura do ano, se não me engano. Tinha 15 anos e suponho que a escola já tivessse acabado ou que estivesse perto do fim, porque estava numa manhã folgada com malta do meu bairro. Ouvíamos muito a rádio Cidade, creio que nessa altura já não era pirata, era também uma fonte de música, e de repente Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Jorge Amaral

Numa viagem de comboio para Lisboa antes de um Sporting-FC Porto, antigamente fazíamos assim o caminho para baixo, estávamos quase a chegar e o senhor José Maria Pedroto chamou-me: “De certeza que amanhã vai haver um penalty e vai ser o Jordão a marcar. Tens de resistir a voar porque ele marca muito bem para qualquer um dos lados.” Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Miguel Somsen

Antes de eu ser de qualquer clube, eu era do futebol. O futebol era o meu clube favorito, porque era um desporto mais evoluído que andebol, mais artístico que voleibol e mais espectacular que atletismo. E porque evidentemente todas as outras modalidades eram as adversárias do futebol durante as nossas aulas de educação física na escola e liceu desse tempo. Quando decidi que iria ser do Belenenses, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

11 Comments

Filed under Bancada

Vasco Faísca

Já tive várias vezes a oportunidade de escrever sobre episódios engraçados, peculiares ou até desagradáveis que foram acontecendo ao longo da minha carreira de jogador, por isso hoje, para fugir à regra, vou despir a veste de jogador e contar-vos algo dos tempos em que ainda não acumulava a profissão de futebolista com a “profissão” de adepto de futebol que sempre tive.
Esta é uma estória que Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

5 Comments

Filed under Relvado

José Carlos

Das histórias que mais me marcaram no futebol passaram-se com um treinador que tive no Portimonense, o Paulo Roberto, com quem vivi alguns episódios engraçados. Foi o treinador que a meio de uma discussão com o Cadorin lhe deu uma cadeirada. Só para que vejam a peça.
Tenho uma história que me marcou logo ao início. Quando o Benfica comprou o Pacheco e o Augusto Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Relvado

Ricardo Gomes

Uma das coisas mais marcantes a que assisti aconteceu no FC Porto-Benfica em que ganhámos 2-0, em 1991. Foi uma vitória que nos deixou muito perto de conquistar esse título. Um jogo dificílimo, o Porto tinha um bom time. O ataque era Kostadinov e Domingos, Vitor Baía era o goleiro e a zaga era Geraldão e Aloísio. Que bela zaga! O Artur Jorge era o treinador do Porto, a gente com a dupla Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

João Malheiro

Para alguns, cansativamente. Para outros, emocionadamente. Para mim, imperativamente. Disse, digo e direi que antes de saber que me chamava Malheiro, tão-só João, ou Joãozinho na expressão de afecto familiar e de outras origens próximas, já sabia dizer Eusébio, já sabia quem era Eusébio, já venerava Eusébio. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Paulo Catarino

Tantos anos de carreira e tantas histórias para contar. Há uns anos jogava na ilha da Madeira e dividia a casa com mais três colegas, dois portugueses e um brasileiro. A meio da época surgiu a oportunidade de sair para outro clube melhor e cheguei a acordo com a Direcção para sair num sábado e a equipa tinha jogo no continente no domingo. Significava que ia ficar em casa sozinho no sábado e Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

4 Comments

Filed under Relvado