Arquivos de Tags: josemariapedroto

Manuel Sérgio

Cumpre-nos a todos a humilde lealdade de nos aceitarmos como somos e pelo pouco que temos. Eu nasci em Lisboa, na freguesia de Nossa Senhora da Ajuda, de família pobre, mas honrada; eram também católicos praticantes os meus pais e com particular afeição pelo Belenenses. Não é por isso de estranhar que, desde criança, seja o futebol o meu espetáculo favorito, nem que, nos textos que Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Jorge Amaral

Numa viagem de comboio para Lisboa antes de um Sporting-FC Porto, antigamente fazíamos assim o caminho para baixo, estávamos quase a chegar e o senhor José Maria Pedroto chamou-me: “De certeza que amanhã vai haver um penalty e vai ser o Jordão a marcar. Tens de resistir a voar porque ele marca muito bem para qualquer um dos lados.” Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

António Magalhães

Acordo estremunhado num quarto de hotel em Donetz. Julgo ter dormido várias horas, tamanho era o cansaço de uma viagem que tinha começado na véspera depois de um Sporting-FC Porto em Alvalade. Tomo um duche e desço para o restaurante. Servem-me um bife. Estou cada vez mais confuso. Olho para o exterior, parece-me estar escuro. Já é hora de jantar? Decididamente, perdi a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Bancada

Álvaro Magalhães

Estava na Académica, com 19 anos, a fazer uma época fantástica e a ser cobiçado por todas as equipas: FC Porto, Sporting e Benfica. Era o meu segundo ano de seniores. Subi aos seniores e subimos logo de divisão, era o Pedro Gomes o treinador. Foi ele que me lançou. Um grande homem, nunca tinha medo de lançar jovens. Depois fiz essa época com o Mário Wilson e fui para o Benfica. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 Comments

Filed under Relvado

João Alves

Tenho uma história como jogador, com o José Maria Pedroto. Era um jogo para a Taça de Portugal, contra o Lamego, de onde ele era natural, equipa que estava na III Divisão. Foi na altura do Boavistão, até foi quando ganhámos a primeira Taça de Portugal.
Eu estava tocado e pensava que o mister Pedroto ia dar-me folga nesse dia. Disse-lhe que não estava Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

4 Comments

Filed under Relvado