Arquivos de Tags: estadosunidos

Maciel

Quando cheguei ao FC Porto, muitos jogadores tomavam cafeína para ficarem mais alerta no jogo e tal, essas coisas. É normal, todo o mundo toma. Fui tomar uma cafeína, meu irmão, e travou a minha barriga, a bexiga. O jogo era até nas Antas. Aí, com o jogo rolando, fui lá no banco fingindo que estava machucado. E aí o Mourinho: Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

David Cristina

É fácil fazer pouco dos emigrantes por serem obcecados com tudo o que é português, desde o galo de Barcelos às tunas. É fácil achar esta saudade bacoca, sinónimo de falta de educação. Isto é, claro, até se passar vários anos fora de Portugal como emigrante. Aí chegamos à brilhante conclusão que nem doutorados escapam à doença que é a Selecção nacional para quem vive fora de Portugal. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Ivkovic

O empresário Lucídio Ribeiro estava a falar com o Sousa Cintra sobre a minha contratação. Combinámos um encontro em Paris e juntámo-nos lá num restaurante. Ao mesmo tempo ia falando ao telefone com um familiar meu, que tinha outro clube interessado em mim e me ia dando sinais de como estavam a correr as conversações. Era um clube da Bélgica, e claro que o Sporting era maior. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Armando Sá

Passei por muitas coisas, coisas bonitas, coisas tristes. Uma das que me marcou bastante foi a passagem pelo Irão, onde acabei a carreira, depois de ter jogado em alguns países europeus. Uma vez estava em casa, a ver o Carnaval na Record, começam as notícias e de repente o apresentador diz: “daqui a dois dias os Estados Unidos vão atacar o Irão”. Eu sentado na sala, queria ir-me embora, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Nuno Madureira

Não abundam os registos, mas o auge da minha carreira de peladeiro aconteceu em meados da década de 90. Nesse tempo, eu integrava uma lendária ala esquerda da equipa do jornal «A Bola» que, se a memória não me falha – o que é uma forte possibilidade, admito – permaneceu invicta durante 29 partidas consecutivas. Tantas como a mágica Hungria de 1954, mas com um futebol muito mais Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Rui Reininho

Recordo uma viagem que fiz a Itália a convite da Federação e foi muito engraçada porque fiquei a conhecer aquela gente toda ligada ao mundo da bola. Foi um Itália-Portugal, de qualificação para o Mundial de 1994, nos Estados Unidos, em que perdemos 1-0 no San Siro. Estava nos tops em 92, com o Rock in Rio Douro, era uma pessoa importante nas comitivas, e foi muito divertido. Conheci o Jorge Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Jorge Amaral

Numa viagem de comboio para Lisboa antes de um Sporting-FC Porto, antigamente fazíamos assim o caminho para baixo, estávamos quase a chegar e o senhor José Maria Pedroto chamou-me: “De certeza que amanhã vai haver um penalty e vai ser o Jordão a marcar. Tens de resistir a voar porque ele marca muito bem para qualquer um dos lados.” Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Matt Jones

Às vezes são as decisões mais pequenas e insignificantes que mudam vidas. Outras vezes são as grandes decisões que se tornam arriscadas. E foram estas últimas que mudaram a minha vida em 2005. Depois de terminar contrato com o West Bromwich Albion e de me tornar um jogador livre, decidi arriscar tudo e mudar-me para os Estados Unidos. Com apenas 18 anos deixei para trás a Inglaterra, a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

6 Comments

Filed under Relvado

Gonçalo Ventura

Em 2006, durante o Mundial, estive 45 dias na Alemanha e fui para lá para fazer histórias. Primeiro com o Brasil, que foi sempre uma aventura, era uma realidade completamente diferente da nossa. Depois quando o Brasil foi eliminado pela França, em Frankfurt, o Paulo Sérgio, que era quem coordenava, e como Portugal já não estava a partir das meias-finais, mandou-me fazer o resto. Então Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada