Arquivos de Tags: estadiodasantas

Maciel

Quando cheguei ao FC Porto, muitos jogadores tomavam cafeína para ficarem mais alerta no jogo e tal, essas coisas. É normal, todo o mundo toma. Fui tomar uma cafeína, meu irmão, e travou a minha barriga, a bexiga. O jogo era até nas Antas. Aí, com o jogo rolando, fui lá no banco fingindo que estava machucado. E aí o Mourinho: Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Júlio Machado Vaz

Meu Pai era portista e sócio. Jogara nos infantis e era detentor de um pé esquerdo temível, mas os centímetros tinham-lhe virado as costas e o treinador decretara-o incapaz de suportar os choques (quem sabe se não perdemos um precursor do Chalana vestido de azul e branco?). Entalado por sogra, mulher e filho vermelhos – com que prazer utilizo palavra então suspeita… – aceitava o seu estatuto Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Slimmy

A minha história relacionada com futebol começa muito cedo, vem do divórcio dos meus pais quando tinha cinco anos. Somos três irmãos, três pilas, o nosso programa de fim-de-semana era irmos às Antas. Mesmo com os meus pais divorciados, almoçávamos juntos, isto na altura em que os jogos começavam às 15h00, depois a minha mãe ia com os meus irmãos para a bancada, eu ia para os Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 Comments

Filed under Bancada

Futre

Estava com 18 ou 19 anos e, na altura, o Futebol Clube do Porto tinha de fazer uma digressão a Paris, íamos jogar futebol indoor. Aquilo eram dois ou três jogos e tinha de ir eu e o Gomes, porque o cachet era maior se fossemos.
Na véspera da ida jogámos com o Salgueiros, lá no Salgueiral. Muita porrada, deram-me cabo dos Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Miguel Sousa Tavares

O meu filho mais novo fez agora seis anos: está a entrar na idade em que deve começar a ser introduzido a alguns dos horríveis rituais machistas lusitanos. O futebol, por exemplo.
Um dia destes, pego nele pela calada e aí vamos nós para Santa Apolónia, apanhar o Inter-Cidades para o Porto, a caminho do Santuário das Antas, do ronco do Dragão e do perfume do Jardel – nome Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

5 Comments

Filed under Bancada

Rui Reininho

Recordo uma viagem que fiz a Itália a convite da Federação e foi muito engraçada porque fiquei a conhecer aquela gente toda ligada ao mundo da bola. Foi um Itália-Portugal, de qualificação para o Mundial de 1994, nos Estados Unidos, em que perdemos 1-0 no San Siro. Estava nos tops em 92, com o Rock in Rio Douro, era uma pessoa importante nas comitivas, e foi muito divertido. Conheci o Jorge Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Domingos Paciência

Há um momento da minha carreira, na transição de júnior para sénior, que acaba por ter muita influência no meu futuro como jogador. Vinha da formação de iniciados e juvenis e não tinha jogado muito e como júnior cheguei a andar a treinar como guarda-redes. Em virtude da falta de jogadores para essa posição pediram-me para ir para a baliza. Foi um período de desânimo e de algum Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Miguel Guedes

No dia da inauguração do Estádio do Dragão, no mítico dia 16 de Novembro de 2003, o FC Porto jogou com o Barcelona e ganhou por 2-0, com golos de Derlei e Hugo Almeida. Quando entrou um miúdo chamado Lionel Messi, a estrear-se nesse jogo com a camisola principal do Barcelona bem à minha frente, substituindo Fernando Navarro ao minuto 75, estava longe de pensar que presenciava outro Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Bancada

Ricardo Gomes

Uma das coisas mais marcantes a que assisti aconteceu no FC Porto-Benfica em que ganhámos 2-0, em 1991. Foi uma vitória que nos deixou muito perto de conquistar esse título. Um jogo dificílimo, o Porto tinha um bom time. O ataque era Kostadinov e Domingos, Vitor Baía era o goleiro e a zaga era Geraldão e Aloísio. Que bela zaga! O Artur Jorge era o treinador do Porto, a gente com a dupla Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

João Alves

Tenho uma história como jogador, com o José Maria Pedroto. Era um jogo para a Taça de Portugal, contra o Lamego, de onde ele era natural, equipa que estava na III Divisão. Foi na altura do Boavistão, até foi quando ganhámos a primeira Taça de Portugal.
Eu estava tocado e pensava que o mister Pedroto ia dar-me folga nesse dia. Disse-lhe que não estava Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

4 Comments

Filed under Relvado

Artur

Eu devia ter nascido 10 anos mais tarde, era para ter nascido agora. Deus me livre, apanhei muito! Peguei Baresi, Fernando Couto, peguei esses caras todos aí. Hoje é uma garapa! Aquela nossa equipa do FC Porto hoje era campeã europeia.
O Boavista foi um clube muito especial para mim, foi onde tudo começou. Tive um grande treinador, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

4 Comments

Filed under Relvado

Rui Gomes da Silva

PORTO–BENFICA (0-0), 27 DE MARÇO DE 1983. Nasci – como é público, nesta fase de mediatização aguda da minha existência – no Porto, de onde, depois de sete anos no Liceu de Alexandre Herculano, parti, aos dezoito anos, para Lisboa, para frequentar a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Desde então, o que era conseguido com programas de fins-de-semana ou de períodos de Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Bancada

Bock

Quando estava nos juniores do FC Porto, dias antes de um jogo contra o Sporting para decidir o título de campeão, fizemos uma partida a um colega que chegava sempre tarde: pusemos um balde de água em cima da porta, sabíamos que ele mal abrisse a porta ia levar com a água em cima porque vinha sempre com pressa. O curioso é que em vez de ser esse meu colega a chegar em cima da hora, eram Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

João Blümel

Vou ser sincero. Quando me fizeram o convite para escrever este relato ri-me por dentro e pensei que só podia ser uma brincadeira dum amigo meu. Alguém que deva ter dito “Olha, o Blümel é que era uma boa escolha para escrever um relato. Ele percebe imenso de futebol e não passa um dia sem comprar o jornal e acompanhar os resultados todos. Até a segunda liga dos Sub-17 ele acompanha!”. E acho Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Bancada

António Raminhos

Pode existir uma linha muito ténue entre a ingenuidade e a imbecilidade. E o melhor de tudo é quando as duas se encontram. Foi o que aconteceu naquela fatídica tarde de 1998. Com 18 anos, estava a estagiar no jornal A Capital, na secção de desporto, e tinha a primeira saída com um colega. O destino era o Estádio da Luz em ebulição. Contestação dos sócios, Vale e Azevedo a amealhar os primeiros Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Domingos Amaral

A família dos meus avós paternos era de Guimarães. Tinham uma quinta e nós íamos lá sempre passar o mês de Setembro. Iam os netos: eu, os meus irmãos e os meus primos. Divertíamo-nos imenso, desde os meus 4 ou 5 anos que ia para lá. O irmão do meu pai, que se chamava João e era 7 ou 8 anos mais novo que ele, adorava futebol. Então, a partir de certa altura, tinha os meus 5/6 anos, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

15 Comments

Filed under Bancada