Arquivos de Tags: estadiodaluz

Odair

No ano em que fiz dez golos pelo Braga no campeonato, quando fomos jogar contra o Benfica, na Luz, estávamos a perder 1-0 e o Artur Jorge filho, que hoje joga no Braga, na altura era miúdo, devia ter uns cinco anos, entrou na sala e perguntou o resultado à mãe, a mulher do Artur Jorge, meu colega de equipa. A mãe respondeu que o Braga estava a perder 1-0 e ele disse: “não há problema, daqui a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

António Simões

Vou contar uma história mais séria para mostrar como o futebol é rico em momentos especiais, até mesmo quando se tratam de momentos que têm dor. Nas meias-finais do Campeonato do Mundo de 1966 defrontei um lateral direito chamado George Cohen. A determinada altura, a SportTV tem conhecimento que este jogador tem cancro e está a fazer tratamento. Vendeu tudo o que tinha, desde Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Pedro Paulos

Eu sou de Benfica desde pequenino. Eu sei, sei que a maior parte das pessoas que têm um clube nunca mudaram. É quase tabu a mudança de clube. Até há aquela frase que diz que uma pessoa pode mudar de uma porradona de coisas mas que mudar de clube está completamente fora de questão. Eu não tenho certeza em relação a esse assunto mas para mim sempre fez sentido ser do Benfica. Como Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Daniel Leitão

Cresci (e bastante) numa casa onde a única pessoa que ligava a futebol era o meu pai, um fervoroso sportinguista. Sempre tentou demover-me do meu benfiquismo e converter-me a essa religião com gente tão devota que é o sportinguismo. Uma espécie de carmelitas descalças do futebol: fizeram um voto de pobreza e levam-no até às últimas consequências. Não ganham nada mas têm um admirável Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Guilherme Fonseca

Para ser completamente honesto, o que estou a fazer aqui é batota. A história que vos vou contar é tanto minha como do Fernando Alvim e aposto que ele nem sabe que é personagem secundário nisto. Mas aqui vai.
Cresci ao pé do estádio do Benfica. É por essa razão – e só essa – que sou do Benfica. É pouco Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 Comments

Filed under Bancada

Mozer

Quando fui transferido para o Marselha, ao chegar lá, quando começou o campeonato, tinha um colega que era um grande jogador, o artilheiro da equipa, o Jean-Pierre Papin, e em todos os jogos que fazíamos em casa ele dizia-me que ali é que havia pressão, que o estádio ia estar lotado e todo o mundo ia pressionar. E isto acontecia antes de começar todos os jogos, mandava esta historinha para Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

7 Comments

Filed under Relvado

Rui Cruz

Sou do Benfica. Num texto sobre futebol, convém deixar as convicções claras desde o primeiro momento e as minhas são estas: o Benfica é o melhor clube do Mundo, o que tem o equipamento mais bonito, os melhores jogadores, o melhor estádio, os melhores adeptos, o melhor relvado, as melhores bifanas e até a cerveja sem álcool que se vende dentro do estádio nos dias de jogo é melhor Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Bancada

Salvador Sobral

Na final do Euro’2004, estava Portugal completamente louco por estar na final de um Euro, e milagrosamente, não sei como, o meu pai conseguiu bilhetes para irmos ver o jogo. Estádio da Luz completamente cheio, quando chegámos lá percebemos que os lugares eram separados. Tinha 15 anos, fiquei num sítio e o meu pai noutro. Tudo bem. O jogo foi uma desgraça, fiquei super triste. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Luís Mateus

Adoro estádios vazios. Os velhos, não os de agora, todos xpto. Demasiado bonitinhos. Arrumadinhos. Pintadinhos. Onde não falta uma cadeira. Parecem nunca ter perdido o cheiro e o Pintado de Fresco que o acompanha. Gosto mais dos velhos. Do betão enrugado, cru, ou comido por cores esbatidas, que perderam a consciência das próprias fronteiras e se misturam diabólicas para quem, como eu, já Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Diogo Batáguas

Estive na Luz, na final do mundial de sub-20 em 1991. Que honra, não é? Tinha 6 anos, adormeci e não me lembro de nada. Eu sei, absurdo.

Como tantos putos da minha geração, o meu sonho era ser jogador de futebol. Guarda redes, no caso. Naturalmente, aproveitei umas captações e fui jogar para um clube perto de casa. Fiz a formação no Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Bancada

Pedro Vieira

Esta história passa-se na altura do Mundial de juniores de 1991, que foi mais ou menos por esta altura do ano, se não me engano. Tinha 15 anos e suponho que a escola já tivessse acabado ou que estivesse perto do fim, porque estava numa manhã folgada com malta do meu bairro. Ouvíamos muito a rádio Cidade, creio que nessa altura já não era pirata, era também uma fonte de música, e de repente Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Guilherme Cabral

Há uns meses fui ver o Benfica-Galatasaray com um colega meu. Nessa altura já não me convinha ir sozinho aos jogos, tinha de andar sempre acompanhado por estar a ser seguido no cardiologista devido a uns pequenos problemas de saúde. Também já tinha tomado um calmante e sempre que tomo essas porcarias não convém conduzir, como é óbvio. Então o Edhy levou o carro. Ele saiu Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Bancada

Paulo Almeida

2 de Outubro de 1994. Jogava-se a 6ª jornada, e o Benfica recebia em casa o FC Porto. Como acontecia em todos os clássicos (e também com a maioria dos jogos do campeonato), o meu pai levou-me ao antigo Estádio da Luz para vibrar com este jogo ao vivo. Um jogo que nunca mais irei esquecer pela promessa que fiz a mim mesmo quando terminou. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

6 Comments

Filed under Bancada

Artur

Eu devia ter nascido 10 anos mais tarde, era para ter nascido agora. Deus me livre, apanhei muito! Peguei Baresi, Fernando Couto, peguei esses caras todos aí. Hoje é uma garapa! Aquela nossa equipa do FC Porto hoje era campeã europeia.
O Boavista foi um clube muito especial para mim, foi onde tudo começou. Tive um grande treinador, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

4 Comments

Filed under Relvado

A Gaja

Quando eu era pequena costumava ir para o terraço da minha vizinha espreitar os jogadores da Oliveirense a tomarem banho no balneário. A visão daqueles matulões, musculados e peludos (no final da década de 80 ainda não havia essa moda deprimente da depilação masculina), de toalha amarrada à cintura, era o OUTRO lado. O lado que eu não via, quando ia, com o meu pai ou com o meu avô, ver a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Bancada

Mário Jorge

Na época em que representei o Benfica, em 1992/93, estávamos todos motivados pelo plantel que tínhamos e pelo facto de irmos ser treinados por uma referência mundial, com um currículo invejável, como era o caso de Tomislav Ivic.
Já no estágio de pré-época realizado na Suécia ficámos um pouco perplexos com o sistema que queria Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Mauro Airez

Quem foi treinado pelo Mário Wilson é impossível que não tenha uma boa história para rir, porque é um homem fora-de-série, espectacular. Mantinha o grupo sempre unido e divertido. Obviamente que impunha seriedade no treino, mas quando era para brincar ele era o primeiro a fazê-lo. Um dia estávamos a treinar no relvado principal do antigo Estádio da Luz, a rematar à baliza. Houve o Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Relvado

Rui Gomes da Silva

PORTO–BENFICA (0-0), 27 DE MARÇO DE 1983. Nasci – como é público, nesta fase de mediatização aguda da minha existência – no Porto, de onde, depois de sete anos no Liceu de Alexandre Herculano, parti, aos dezoito anos, para Lisboa, para frequentar a Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa. Desde então, o que era conseguido com programas de fins-de-semana ou de períodos de Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Bancada

Nilton

Serei talvez o único português que não tem clube. Hoje os árbitros vestem cores fluorescentes, parece que tiveram um desastre ou que o carro avariou e tiveram de vestir o colete, mas durante muito tempo encarei o árbitro e o futebol um bocadinho como a tourada: sempre torci pelo que veste preto. E não tendo clube era a única pessoa em Portugal que verdadeiramente saboreava o futebol porque conseguia Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Bancada

Sabugo

Estava eu no meu Campomaiorense, na época 1998/99, clube que jamais esquecerei pelas pessoas que conheci e também por ter sido a minha estreia na primeira divisão nacional. Tínhamos uma grande equipa dentro e fora do campo. O nosso treinador era o mister José Pereira, que tinha ficado no lugar do mister João Alves. O jogo no fim de semana era contra o Benfica, no antigo estádio da Luz, e na 4ª Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Relvado