Hugo Morais

Época 2006/07, representava o Leixões. O campeonato aproximava-se do fim e tínhamos um jogo na Póvoa de Varzim, crucial para a subida de divisão. Estávamos em estágio e, quando nos concentrávamos, alguns de nós batíamos umas cartas ao ponto de ser quase “profissional”. A seguir ao almoço juntámo-nos num quarto, eu, Beto, Malafaia, Roberto, Cervantes, Jorge Duarte e Filipe Gonçalves, aquilo parecia um autêntico casino clandestino! Passadas umas horas, batem à porta e eu vou ver quem é. Era o mister Vítor Oliveira! Levámos uma dura, pois tínhamos um jogo importante em que não podíamos facilitar. Multou-nos com 150 euros a cada e se perdessemos era a dobrar. Acabámos por empatar o jogo e no final subimos de divisão, num dos anos mais difíceis da II Liga.


Formado no Benfica, fez mais de uma centena de jogos na I Liga ao serviço de Marítimo, Leixões e Académica. Terminou a carreira em 2014, no União.

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 comentários sobre “Hugo Morais

  1. Um mar vermelho neste jogo e estes gajos a jogar às cartas! Mas foi um bom ano! e grande golo do Cervantes!

Deixe um comentário