Geovanni

A situação mais diferente que vivi no Benfica foi à chegada. Já conhecia o clube e quando cheguei dei uma entrevista e falei que ia ser campeão no Benfica. E algumas pessoas falaram:
– Ó Geovanni, você sabe o que é que você falou? Você falou que ia ser campeão no Benfica mas tem dez anos que o Benfica não vence.
– Não tem importância, não. Eu vim aqui mesmo para ser campeão. Não retiro o que eu falei, vim para ser campeão.
E Deus abençoou que nós fossemos campeões depois de 11 anos. Então a história do Benfica foi mudada a partir daquele grupo, que acreditou naquilo que tínhamos de fazer, que era trazer o Benfica de volta à realidade que sempre viveu: de um time campeão, de um time que vence.
Essa foi uma situação marcante para mim. De chegar num clube grande, um clube que não ganhava um campeonato nacional há dez anos, nem Taça de Portugal, se não me engano era há 14 anos, e a Supertaça há 15, e eu venci os três. Sou um privilegiado e entrei para história de um grande clube pela fé. Isso fez com que falasse aquilo e ganhasse esses três títulos que o Benfica tinha muito tempo que não ganhava.


Chegou do Barcelona e esteve três épocas e meia na Luz. Regressou ao Brasil e ainda jogou na Premier League, ao serviço de Manchester City e Hull City. Terminou em 2013, no Bragantino.

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 comentários sobre “Geovanni

Deixe um comentário