Arquivo da categoria: Relvado

Quim

Com 18 anos era júnior do Braga mas já treinava com o plantel principal. Um dia, após mais um treino ao final de tarde, estava a sair do Estádio 1.º de Maio, como sempre fazia, e ao chegar ao meu carro fui abordado por um senhor com os seus aparentes vinte e poucos anos. Tinha uma pasta na mão e educadamente perguntou-me se tinha representante. Eu respondi-lhe que não. Então ele voltou a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Alex Bunbury

Como o tempo voa… já passaram quase vinte anos desde que joguei pela última vez pelo meu amado CS Marítimo, na bela ilha da Madeira. Os meus sete anos na ilha e as viagens para o continente a cada duas semanas são a experiência mais memorável da minha carreira futebolística.
Tive a felicidade de jogar com jogadores extremamente talentosos, treinadores especiais e os melhores Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

5 Comments

Filed under Relvado

Neca

Quando fui para a Turquia, no meu primeiro estágio fiquei com um jogador turco. Para aí às cinco da manhã senti uma pessoa a andar no quarto e acordei um pouco assustado. Foi quando vi que ele tinha estendido o tapete para rezar. Eles têm umas horas marcadas para rezar e foi assim um pequeno choque para mim porque nunca me tinha acontecido. Foi uma coisa estranha. Depois o clube teve Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Frechaut

Esta situação passou-se num jogo entre o Benfica e o Braga. Estávamos com um resultado favorável, se não estávamos a ganhar pelo menos estávamos empatados e, nos minutos finais, já com as equipas cansadas, a nossa equipa sobe, estávamos a fazer um ataque contínuo, há uma recuperação de bola da parte do Benfica e a bola é metida nas costas do nosso lateral direito, que na altura era o Pedro Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Bobó

Quando jogava no Estrela da Amadora tinha um Autobianchi, um carro italiano, pequeno, que andava à brava. Mas se desse um murro na porta o vidro caía. O Barny viu-me fazer isso, deixou-me ir treinar e eu depois era sempre o último a sair do balneário. Eles saíram, foram para o carro, o Barny lá deu um murro e aquela merda desceu. Então desengataram o carro e mudaram-me o carro de lugar. Quando Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

7 Comments

Filed under Relvado

Vargas

Esta história passou-se uma semana após ter chegado ao Chipre. Ainda não estava inscrito mas acompanhei a equipa num jogo fora, a cerca de 150 km de Pafos, a nossa cidade. Encontrámo-nos todos no dia do jogo de manhã, seguimos para Limassol, onde iriamos almoçar num hotel, e depois seguir para Larnaca, onde se disputaria o jogo. Comigo na altura jogava outro português, o Bernardo Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Litos

Esta história passou-se quando o Sporting jogou contra o Barcelona na Taça UEFA de 1986/87. Tínhamos perdido 1-0 fora, contra uma equipa muito forte, quase toda ela da selecção espanhola, e tínhamos boas perspectivas de seguir em frente porque também tínhamos uma boa equipa.
O Mário Jorge, o meu cunhado, estava a negociar a compra de um Peugeot 205 GTI e o prémio para Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Relvado

Gilmar

Fui contratado pelo Vitória de Guimarães e, ao chegar lá, encontrei um dos melhores treinadores com que trabalhei e tenho um carinho especial: Quinito. Grande pessoa! Fomos fazer um treino de finalização no centro de treinos do Vitória e chovia muito, com o campo pesado e com lama junto às balizas. O Pedro Barbosa foi à linha de fundo fazer um cruzamento para a área para mim, a bola veio Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Diamantino Miranda

Ao longo da minha carreira tive vários episódios marcantes e o mais negativo foi na época de 87/88, talvez a minha melhor em termos de rendimento, quando a quatro dias da final da Taça dos Campeões Europeus sofri uma lesão grave no joelho, uma rotura de ligamentos cruzados, e fiquei afastado desse jogo em Estugarda, com o PSV. Já tinha participado numa final da Taça UEFA, o Benfica estava Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Seninho

Fiz quatro meses de recruta em Paramos, em Espinho. Fui para enfermagem e fui tirar a especialidade a Coimbra. Quando lá estava pedi autorização ao Mário Campos e ao Vítor Campos, dois jogadores que foram ex-líbris da Académica, isto em 1970, para ir lá treinar. E disseram-me que tudo bem. Fui treinar e veio o Juca, o treinador, e perguntou-me: Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Relvado

Geraldo Alves

Na altura do Mourinho no Benfica, ele chamou-me a mim e ao Nuno Abreu para treinarmos com a equipa principal. O João Tomás estava muito bem, ia à Selecção e tudo, e foi na véspera do jogo contra o Sporting, o último do Mourinho. Nessa semana houve um treino em que começou a chover torrencialmente mas o Mourinho não estava nem aí, o treino era para continuar. E houve um lance com Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Alfredo

Esta história passou-se em Itália, em Florença. Na minha altura de jogador, há 30 anos, nós não tínhamos treinador de guarda-redes. Tínhamos treinador principal, treinador adjunto e preparador físico, não havia mais nada. Então nesse jogo com a Fiorentina, estou no balneário, estou equipado, pronto para ir fazer o aquecimento para o jogo, e de repente aparece o senhor major Valentim Loureiro. Entra Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

5 Comments

Filed under Relvado

António Livramento

Tenho uma história engraçada quando saí do Ginásio de Tavira. Aqui ainda era futebol amador e saí logo para o Benfica. Para mim tudo lá era novidade. Houve um estágio que fiz no Benfica em que fomos aos Açores e fiquei logo no quarto com um dos mais loucos e mais profissionais da equipa, o central Nuno Abreu. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Silas

Fui para o AEL em Janeiro de 2011. Normalmente no Chipre entram cinco jogadores em Janeiro e têm de sair cinco. Como lá havia limite de estrangeiros e eles tinham, salvo erro, 17 estrangeiros, entrámos cinco e tinham de sair cinco. Um dos que saiu foi o Ndikumana, um jogador do Ruanda. Ainda estive com ele uma ou duas semanas. Alguns africanos ligam muito a bruxaria e coisas assim do género e o Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Pitico

Na época de 1988/89, o Farense teve como treinador o José Augusto, depois o Malcolm Allison, o inglês que treinou o Sporting e o V. Setúbal. Por acaso tínhamos uma equipa muito boa. O gajo chega aqui e tirou todos os negões da equipa. Tirou todo o mundo, tudo no banco! Nos dois primeiros jogos ainda joguei, mas ele só me dizia “cross, cross”. Eu cruzava, mas queria ir para cima, fazer golos e Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

2 Comments

Filed under Relvado

Jaime

A vitória do Belenenses na Taça de Portugal da época de 1988/89, frente ao Benfica, começou pela táctica do Marinho Peres. Começámos a jogar com dois laterais direitos, três centrais, dois laterais esquerdos, dois trincos e o Chico Faria na frente para se safar. Ficámos surpreendidos porque nunca tínhamos jogado assim, mas deu resultado. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Ricardo Lopes

O “nosso grupo” no Estrela da Amadora era inigualável em todos os sentidos, havia sempre palhaçada em todos os momentos. O Bobó na altura tinha um carro pequenino, salvo erro um Fiat, e eu e o Pedro Barny tínhamos combinado esconder-lhe o carro. Acabou o treino e já tínhamos combinado ir buscar as chaves ao bolso das calças do Bobó. E assim foi feito. Tirámos as chaves e antes do banho fomos Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Acácio Santos

Em 2012/13 fui trabalhar para a Malásia com o Divaldo Alves. Ele era o treinador principal da equipa A, fui como adjunto da equipa A e como principal dos Sub-21. Tudo era focado na Premier League da Malásia, depois havia o campeonato dos Sub-21.
Uma vez, durante um jogo, e eu não sabia disto, o árbitro pára o jogo. Fiquei surpreendido com aquela Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Magnusson

Passei cinco anos muito felizes no Benfica. O Silvino era o meu grande amigo. Recordo as duas finais da Taça dos Campeões com muita saudade. Perdemos as duas, mas tivemos muito mérito em chegar lá. Nunca vou esquecer como era entrar na antiga Catedral, aquelas enchentes nas meias-finais com o Steaua de Bucareste e o Marselha… Durante cinco anos fomos uma das melhores equipas da Europa. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Carlos Mendes

Vou contar a única coisa engraçada que me aconteceu num campo de futebol. Passava-se o ano em que o Pedro Santana Lopes era presidente do Sporting e nessa altura o Jorge Fernando, juntamente com o José Carvalho, agarraram numa série de cantores e compositores que fossem do Sporting e resolveram fazer um disco que, se não estou em erro, chamava-se A garra do Leão. Até deu uma Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado