Arquivo da categoria: Relvado

Aziz

Ter jogado em Espinho é um grande orgulho que guardo dos anos que passei em Portugal. Uma coisa que nunca esquece na vida, que ficará para sempre no coração. Voltando atrás no tempo não me lembro de uma só história, mas de vários momentos com aquele grande e único homem que para mim foi um mestre, um pai, irmão e grande amigo. Refiro-me a Quinito. Melhor homem do mundo! Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

José Semedo

Em Inglaterra tive um treinador no Sheffield Wednesday que era de pancadas. Era o Gary Megson, tinha sido treinador do Bolton. Foi no ano em que subimos da League One ao Championship. Só o tive nessa época, depois saiu.
Uma vez fez a equipa na sexta-feira, durante essa noite sonhou que tínhamos perdido e, na manhã Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Vasco Coelho

Cheguei esta época ao Al-Washm, da Arábia Saudita, e tive o meu primeiro choque cultural logo à chegada. Começámos os trabalhos com duas semanas de estágio no Egipto. Um dia fizemos treino de ginásio e gosto sempre de tomar a minha suplementação, que trouxe de Portugal. Lembro-me de estar a preparar o meu shaker com a proteína e os BCAA que costumo tomar e eles a olharem para mim Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Paulo Madeira

Vou recordar um grande jogador, que me ajudou nos meus primeiros passos na equipa principal do Benfica, o Ricardo Gomes, que hoje é o coordenador técnico do Bordéus. Quando somos miúdos temos o sonho de seguir alguns exemplos. Era júnior do Benfica e o Ricardo para mim era uma referência em termos de futebol profissional, era o capitão da selecção do Brasil, jogava no plantel Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Carlos Saavedra

Passei uns meses caricatos na Grécia. Tinha saído do Chipre, porque tinha havido lá uma confusão por causa dos bancos fecharem, aquilo estava mal e quis ir-me embora. Depois, um jogador que tinha jogado comigo no Chipre e tinha ido para a Grécia, para uma equipa da Segunda Divisão, ligou-me a dizer que precisavam de um jogador para a minha posição e queria saber se estava interessado. Isto Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Evandro Brandão

Esta história não é muito engraçada, mas deixou-me marcas porque fala de um treinador que toda a gente conhece, o senhor Alex Ferguson. No dia em que fui assinar contrato com o Manchester United cruzei-me com ele no corredor. Conversámos durante uns cinco minutos e fiquei de boca aberta porque ainda mal tinha chegado ao clube e ele já sabia quem eu era e as minhas características como jogador. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

André Carvalhas

Tenho várias histórias com o Miguel Rosa e uma das milhentas foi antes de um treino no Benfica. Eu, o Serginho e o Rosa fomos para o ginásio e eu tive uma ideia: “’Bora meter a passadeira no máximo e correr em cima dela, mas sempre apoiados com as mãos de lado”.
Eu fui o primeiro: segurei-me no apoio de braços de lado da passadeira, elevei o meu corpo e fui Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Gonçalo Silva

Isto aconteceu no meu primeiro ano no Belenenses, há três épocas, num jogo em Coimbra, contra a Académica. Tivemos a palestra no hotel e saímos para o autocarro, para fazermos a viagem para o estádio. Normalmente é uma viagem em que há muita concentração, ouves pouco ou nenhum barulho. Mas numa certa estrada, não conheço a zona, mas foi numa recta, aparece o autocarro da Académica, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Valdo Alhinho

Angola é um país que tem muito para contar. No primeiro dia, ao chegar tive logo o impacto daquilo que me esperava. Fui daqui com alguns jogadores, como o Firmino, o Mangualde e o Edson, a equipa técnica era portuguesa. O treinador era o Formosinho, que neste momento está com o Mourinho no Manchester United. Chegámos em Janeiro, com um calor insuportável, 43/44 graus em Luanda. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Afonso Figueiredo

No Boavista, com o Petit como treinador, tínhamos algumas semanas em que íamos treinar ao Parque da Cidade, que era uma coisa que já vinha dos tempos do Jaime Pacheco. Nós não gostávamos nada porque era só correr no parque, era aquele treino duro em que acabávamos quase a vomitar.
Tínhamos um circuito para fazer em X tempo e o Petit dividia-nos por grupos. Ele mesmo dizia que Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Rui Miguel

Vivi uma situação no Chipre que foi das melhores que tive na minha carreira. Tenho uma paixão louca pelo Vitória de Guimarães. Eu estava a jogar no Chipre e o Vitória jogava em casa contra o Braga para a Taça de Portugal. O campeonato do Chipre estava parado nesse fim-de-semana, pedi para vir a Portugal e deram-me o OK. Reservei o voo, mas o único que podia reservar para chegar a Portugal a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Wando

Essa história aconteceu na época de 1986/87, num jogo da Taça de Portugal. A partida foi contra o União de Santarém, na qual jogava o Brasília, atacante que jogou comigo no Brasil e, como éramos muito amigos, resolvemos fazer uma aposta em que o Benfica ganharia a partida com três golos de diferença. Aposta feita, ficámos ansiosos pela chegada do grande jogo, que para o União de Santarém Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Zequinha

Vivemos sempre alguns episódios meio caricatos no estrangeiro. Quando cheguei à Grécia, tinha um brasileiro na minha equipa que me disse que quando quisesse chamar o árbitro devia dizer pusti. OK, assim foi. Nos primeiros jogos chamava-lhes pusti e quase que era expulso! Pusti é gay, só que um gajo sabia lá! Depois é que me disseram o que era. Era o Romeu, que tinha jogado no Fluminense. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Eliseu

Tenho algumas histórias curiosas passadas no futebol português. Uma aconteceu no Felgueiras, com o Diamantino como treinador. Quando ele chegou ao Felgueiras eu era o único jogador da equipa que tinha ficado, por isso ele montou o plantel todo e correu boa parte da época com jogadores como Fernando Meira, Lixa, jogadores do Guimarães. Na segunda temporada, muitos jogadores saíram e a Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Gilberto Silva

Numa pré-época no Sporting da Covilhã o nosso treinador, juntamente com a Direcção, teve a ideia, para fortalecer o espírito de grupo, de irmos passar um dia com a GNR de montanha aqui na Serra da Estrela. São eles que fazem os salvamentos quando alguém se perde, por exemplo.
Saímos de cá às dez da noite, tivemos uma pequena apresentação com eles, depois partimos todos Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Arsénio

A história que tenho para contar passou-se na Bulgária, na minha segunda época. Estava no CSKA Sófia e tínhamos sido eliminados da taça contra uma equipa da segunda liga e, como tal, o presidente ficou chateado e decidiu chamar um “bruxo” ao balneário, isto no dia anterior a um jogo.
O “bruxo” começou a queimar umas coisas lá dentro do balneário e a soprar o fumo contra os jogadores e contra os Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Diego Barcellos

Vou contar um episódio que aconteceu comigo na China. Era a minha primeira experiência fora do Brasil, da minha terra natal, e eu estava muito empolgado por jogar fora do país. Estava mesmo muito feliz. Cheguei lá e encontrei uma cultura completamente diferente da do Brasil, mas graças a Deus consegui adaptar-me bem. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado

Hugo Firmino

Joguei alguns anos em Angola e é uma realidade completamente diferente. Quando viajamos para jogar nas províncias, nas cidades fora de Luanda, após os jogos, visto que quase nenhum dos aeroportos nessas cidades é internacional, nem nos equipamos nem tomamos banho porque temos de ir a correr para o avião senão anoitece e o avião não levanta voo. E isto acontece inúmeras vezes. Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

1 Comment

Filed under Relvado

Nuno Assis

Vivi um episódio que me marcou e que me prejudicou bastante, que foi a questão do doping. Depois de um jogo na Madeira, um Marítimo-Benfica, deu controlo positivo e até hoje ainda não percebi como aconteceu. O que acusou foi algo que todos produzimos, uns em maior quantidade que outros, não é nada que se tenha de tomar para aumentar. Há várias coisas que podem fazer aumentar esses valores, Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

3 Comments

Filed under Relvado

Bruno Moraes

Vou até jogar contra mim. Vou contar uma história engraçada, mas na altura não gostei muito. No meu primeiro ano no FC Porto era novinho, acho que era o jogador mais novo do plantel sénior, então quando cheguei treinava a semana toda com a equipa principal e, quando não era convocado, jogava pela equipa B. É uma situação que quase todos os jogadores passam, principalmente no começo da Continue reading

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Leave a Comment

Filed under Relvado