Carlos Mendes

Vou contar a única coisa engraçada que me aconteceu num campo de futebol. Passava-se o ano em que o Pedro Santana Lopes era presidente do Sporting e nessa altura o Jorge Fernando, juntamente com o José Carvalho, agarraram numa série de cantores e compositores que fossem do Sporting e resolveram fazer um disco que, se não estou em erro, chamava-se A garra do Leão. Até deu uma música que era cantada no estádio.
Entretanto houve a apresentação, que foi feita num jogo entre o Sporting e o FC Porto. Aproveitámos essa tarde e fomos apresentar o disco. Descemos ao relvado, uma série de artistas que, de uma forma ou de outra, estavam ligados ao disco. Daqueles que me lembro desci eu, o Jorge Gabriel, o Fernando Mendes, o José Carvalho, creio que o Jorge Fernando também foi.
Estávamos ali, o público aplaudia-nos, nós todos contentes, e a certa altura alguém disse para irmos agradecer à claque do FC Porto. E eu, na minha ingenuidade, e de saber pouco dessas coisas do futebol, e continuo a saber, para mim o futebol é um desporto muito bonito quando se passa dentro das quatro linhas, fui avançando para a claque do FC Porto com o disco na mão. E nós tínhamos camisolas oferecidas pelo Sporting, com os nossos nomes nas costas. Os outros foram ficando para trás e fui o único a ir agradecer à claque do FC Porto. O que aconteceu, como é evidente, é que chamaram-me todos os nomes menos o meu! Fiquei a uns 20 metros de distância mas dava perfeitamente para ouvir os palavrões. Foi assim um chorrilho de asneiras e eu vim-me embora assim um bocado envergonhado com a questão.
Foi uma partida que me fizeram. Da minha parte foi uma ingenuidade, não devia ter ido agradecer porque devia saber que ia levar com aqueles nomes todos, ir agradecer podia funcionar como provocação.
É assim uma história curta, que se passou, não me lembro assim de mais nenhuma, até porque vou poucas vezes a estádios, e nunca mais fui ao campo agradecer a nenhuma claque porque a gente nunca sabe qual é a reacção.


Foi um dos fundadores dos Sheiks, venceu duas vezes o Festival RTP da Canção e tem uma longa carreira na música. Como actor, participou na série Morangos com Açúcar.

Facebooktwittergoogle_pluslinkedinmail

Deixe um comentário